terça-feira, 16 de abril de 2013

Casa de Apoio em Fortaleza recebe mais de 30 pessoas por dia



Servidores da Casa buscam prestar os melhores serviços

Diariamente, pacientes de diversos localidades do município de Pereiro passam por Fortaleza para buscar tratamento de saúde. Muitos têm na Casa de Apoio de Pereiro o local onde encontram grande parte da atenção necessária e encaminhamentos. Sendo assim, algumas pessoas acabam por ficar na cidade não apenas nas horas necessárias para consultas, exames e tratamentos, mas nos intervalos entre os procedimentos.

Para oferecer mais conforto aos pacientes, que ficam debilitados após o tratamento, a Prefeitura alugou uma casa com quartos, suítes;  banheiros, sala de estar e de jantar, cozinha, área de lazer, varanda ampla com área de serviço, além de garagem para três veículos. 

A secretária de Saúde, Síria Muniz, explicou como acontece o funcionamento da casa de apoio mantida pelo município. “O principal objetivo em manter essa estrutura é garantir a comodidade dos pacientes que precisam estar em Fortaleza”, disse ela, afirmando ser uma das bandeiras de mandato do Prefeito Amar.

Segundo a secretária, diariamente uma média de 30 pessoas, entre pacientes e acompanhantes, usufruem da casa.  Já sobre o funcionamento e manutenção do espaço, Síria garantiu que todos os dias um coordenador, um motorista, um motoboy, dois acompanhantes de hospitais e dois serviços gerais ligados à secretaria realizam os serviços básicos que o local exige.

Localizada a pouco mais de 200 metros da Rodoviária São Thomé, a casa de apoio recebe pessoas com todos os tipos de doenças. “Já chegamos a receber até 60 pessoas em um só dia, é importante dizer que essas pessoas têm a atenção especial, desde a alimentação até a chegada ao hospital e a volta para casa”, complementa o coordenador da casa de Apoio, Carlos Rocha. 

Ainda de acordo com o coordenador, a diferença desta casa para as demais que Pereiro já teve é que as pessoas agora tem a disposição os serviços de profissionais. “Temos uma ambulância aqui a disposição dos pacientes, além disso, uma moto faz o serviço mais rápido, aqui fazemos de tudo para aqueles que já concluíram seus exames ou consultas possam voltar para casa, às vezes usamos as ambulância que vem do interior ou até mesmo mais de uma topique quando necessário”, pontua. 

O serviço da Casa de Apoio na capital funciona desde a segunda gestão do ex-prefeito José Irineu. 

Por: Assessoria de Comunicação da PMP / DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário